14 de dezembro de 2016

Em 2017, 15 escolas terão atividades em contraturno escolar


No próximo ano, 15 Escolas Municipais devem oferecer ampliação de jornada escolar . As aulas ocorrem em contraturno e serão realizadas por meio do Programa “Mais Educação”, iniciativa do Governo Federal, e coordenado pela Secretaria Municipal de Educação (SMED). A expectativa é que sejam atendidos 700 estudantes que já estão matriculados nestas instituições.

Os estudantes contarão com almoço realizando, em período contrário, diversas atividades, entre elas: acompanhamento pedagógico (Português e matemática), esporte, cultura e artes, entres outros temas.

Atualmente onze escolas já desenvolvem a ampliação de jornada escolar. Para 2017, mais 4 novas unidades farão parte do programa. É válido destacar que a participação nesse programa é por adesão. As 15 escolas que aderiram são: Andréa Dias, Castelo Branco, Edwino Nowak, João Sperandio, Rosa Picheth, Rui Barbosa, Azuréa, Balbina, Delani, Egipciana, Juscelino K. de Oliveira, Marcelino, Nadir, Pedro Biscaia e Silda Sally.

Segundo Andréia Malinoski, responsável pelo “Mais Educação” na Secretaria Municipal de Educação (SMED), o programa vem crescendo a cada ano com a participação de novas escolas. Ainda segundo ela, com a iniciativa os estudantes poderão ter um melhor aproveitamento do tempo com atividades direcionadas.

“O programa é muito importante no desenvolvimento do ensino e aprendizagem das crianças. As atividades complementares realizadas melhoram o desempenho nas aulas. Eles adquirem novos conhecimentos e um melhor convívio social, possibilitando também que as crianças em vulnerabilidade possam estar seguras durante todo o dia”, finalizou Andréia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário